Pink Floyd e Dr. Estranho

O personagem de HQ Doutor Estranho da Marvel anda em voga atualmente por conta do lançamento do filme agora em 2016.
Por isso, é interessante notar a influência que o personagem (bem como outros nomes dos quadrinhos) traz para o mundo da arte, e da música especificamente.

A capa do segundo álbum do Pink Floyd, A Saucerful of Secrets, lançado em 1968, contém colagens e montagens feitas pelo artista gráfico Storm Thorgerson (da Hipnosis, célebre pelas capas mais icônicas do Floyd e do rock em geral), e várias partes foram retiradas dos quadrinhos Marvel's Strange Tales #158, publicado originalmente em 1967.

A criação da capa não contém os créditos originais dos quadrinhos, aparecendo Doutor Estranho, os planetas e até o Tribunal Vivo (The Living Tribunal), tudo de forma bem sutil e opaca ao lado de outros símbolos, refletindo os gostos e assuntos que rondavam a mente da banda na época.
Mas comparando com a página dos quadrinhos originais (clique na imagem abaixo pra ampliar), é possível ver com clareza a chupação, ops, colagem:
clique na imagem para ampliar

Misturando a capa com o quadrinho original:


Ainda sobre Dr. Estranho e e Pink Floyd: na música Cymbaline (inclusa na trilha sonora do filme More), há uma citação ao personagem na letra:

"Suddenly it strikes you that they're moving into range
And Dr. Strange is always changing size".

Em contrapartida, até como uma homenagem reversa, no filme Doutor Estranho é tocada a música "Interestellar Overdrive".
E, recentemtente, Benedict Cumberbatch, o ator que interpreta o misterioso doutor, cantou "Comfortably Numb" num show de Gilmour, alimentando ainda mais as referências psicodélicas e obscuras, tanto do Pink Floyd quanto de Dr. Strange!

Uma curiosidade sobre o disco 'A Saucerful of Secrets': é o único da banda que contém os cinco integrantes originais tocando, pois marca a fase de transição entre a saída de Syd Barret e a entrada de David Gilmour. Gilmour toca em 3 faixas, e Barret toca em 5 faixas. E o disco tem 7 faixas, ou seja: Gilmour e Barret tocam partes alternadas de guitarra na faixa 'Set the Controls to the Heart of the Sun'!

Pra finalizar, abaixo uma bela versão animada da capa, feita por Alex Stubbe, onde as referências, influências e viagens ficam mais claras:


Comentários

Postagens mais visitadas